Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Preço da ração para peixe inviabiliza desenvolvimento para os pequenos produtores

Preço da ração para peixe inviabiliza desenvolvimento para os pequenos produtores

O preço da ração para peixe é um entrave para o desenvolvimento do setor a afirmação é do produtor de pescado Valdinei dos Santos Moitinho que tem uma propriedade modelo localizada no travessão da Linha 4 da RO 470, zona rural de Ouro Preto do Oeste. Segundo o produtor que possui três tanques e um em fase final o preço da ração para peixe constitui atualmente um entrave para que os pequenos produtores do produto possam ter uma afirmação no mercado.
O produtor disse que a isenção na venda do peixe só beneficia os grandes e médios produtores, enquanto os pequenos amargam prejuízos em razão do alto preço da ração. Valdinei mostrou que o kg da ração extrussada custa em média R$ 2 em Rondônia, quando no Estado do Mato Grosso é comercializado a R$ 1. Valdinei lembrou que em visita a Rondônia a então Ministra da Pesca e Aqüicultura, Ideli Salvatti, defendeu a isenção para a venda da ração de peixe. Ideli Salvatti disse durante o encontro com os produtores de peixe que o estado tem grande potencial no campo da piscicultura, mas para que o setor deslanche faltam alguns ajustes como a desoneração da ração que é oferecida aos peixes em cativeiro.
“O ICMS sobre a venda da ração para peixe pesa muito e muitos Estados já tem uma política de incentivos sobre os tributos, esperamos que o governador (Confúcio Moura) possa analisar o fato com atenção e desta forma faça algo em prol dos pequenos produtores de peixe de Rondônia”, disse o produtor Valdinei.
O programa Água - Produtiva, desenvolvido pelo Governo Estadual, em parceria com a Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e a
Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social do Estado (Sedes), precisa ser adequado a realidade vivenciada pelos pequenos produtores avalia Valdinei. O programa consiste no fornecimento de estrutura e orientações aos pequenos produtores, incentivando a criação de peixes em cativeiro nas pequenas propriedades rurais

Um comentário:

adao tsukamoto disse...

Senhor valdinei....parabens por ser um pequeno produtor,mas a realidade do conteudo é dura nao so para com o psicultor,mas para todo pequeno que produz em qualquer segmento,faz pena ver pessoas da zona rural comprando racao a granel nas feiras livres do nosso Brasil...Elas, as mesmas que balancam a cabeca como lagartixas e batem palmas pelas decisoes tomadas pelas grandes em seminarios e palestras custeadas às vezes por Elas mesmo....

Adao Tsukamoto

Postagens populares

Arquivo do blog

PISCICULTURA UNIÃO