Titulo

como criar tilapia em caixa D-aguá. Nova alternativa para produção de tilápias em MG


Nova alternativa para produção de tilápias em MG

Produtores, extensionistas e estudantes da região Centro-Oeste de Minas 

conheceram nova alternativa para produção de tilápia na região, durante workshop “Sistema de fluxo contínuo de água para produção de tilápias do nilo” na Fazenda Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), em Arcos, no último dia 11.


O pesquisador da EPAMIG Centro-Oeste Vicente de Paulo Macedo Gontijo apresentou técnica que utiliza caixas de fibra de vidro onde a água circula ininterruptamente. O sistema oferece várias vantagens como facilidade de manejo, redução dos impactos ambientais e aumento significativo do volume produzido. O emprego de caixas d’água circulares, com pequenas adaptações, permite implantar unidade produtivas com o menor custo. Além disso, proporciona menor emprego de mão de obra, já que o manejo dos peixe é bastante facilitado.


Segundo o pesquisador, as regiões do Estado mais propícias ao cultivo de tilápia são as mais quentes. Entretanto, ele afirma que no promover é possível promover o aquecimento da água. “Desse modo, o cultivo também pode obter sucesso nas regiões mais frias de Minas Gerais”, explica. De acordo com Vicente, o investimento inicial é baixo, se comparado com outros sistemas de produção. Outra condição seria iniciar o processo de licenciamento ambiental, com os órgãos competentes, além de dispor de água de boa qualidade para o cultivo. Também foram apontadas algumas desvantagens do sistema, como alto risco de colapso na qualidade da água; exigência de acompanhamento constante e o sistema depende de pesquisa para definir fatores de produção. Ele explica que é preciso fazer um planejamento estratégico antes de iniciar a atividade: é importante o produtor pesquisar o mercado local e regional, verificar as condições do local para instalação da piscicultura e dedicar-se ao negócio. “O piscicultor precisa procurar um técnico para elaborar o projeto inicial. Um bom planejamento de fluxo de produção, cronograma de despesas e receitas e estimativa de rentabilidade são fundamentais para o sucesso do empreendimento”, alerta.



Os participantes do workshop conheceram a Unidade Demonstrativa de sistemas produção de tilápias-do-nilo em fluxo contínuo de água, instalada na Fazenda Experimental. O sistema conta com sete caixas de dois mil litros, sendo uma delas a caixa-berçário, na qual serão abrigados os 1000 alevinos, que posteriormente serão transferidos para mais duas caixas de crescimento. Também conheceram mais sobre o sistema de tratamento de efluentes, localizado à jusante, onde a água que sai dos tanques de produção é tratada para retornar ao ambiente ou ser utilizada em produção integrada de vegetais ou, ainda, recirculada na piscicultura.


Para o produtor rural de Bambuí (MG) Tiago Barbosa Chaves o reaproveitamento da água utilizada no sistema de fluxo contínuo e tratada, posteriormente, seria viável em sua produção de hortaliças e leguminosas. “Teríamos problemas apenas com a energia elétrica para bombeamento das caixas”, disse. Entretanto, Tiago que produz os peixes Tambacu e Patinga, já pensa na possibilidade de instalar sistema de aquecimento solar em sua propriedade familiar.


De acordo com o pesquisador, a EPAMIG deverá ter, em breve, projeto de pesquisa para melhor aproveitamento de resíduos desse sistema aprovado por fontes fomentadoras.


Pesquisa e Ensino


Alunos do Instituto Técnico de Agropecuária e Cooperativismo (ITAC/ EPAMIG) também participaram do evento. Eles obtiveram informações sobre os benefícios ambientais e econômicos desse sistema, inclusive da possibilidade de controle de variáveis como a temperatura da água, limpeza e desinfecção. Para o estudante do curso Técnico em Agropecuária, Sandoval Ramos da Costa, o encontro foi uma ótima oportunidade para ele aprender a parte prática do sistema. “Já visitamos também a Unidade Demonstrativa de sistema de produção em tanques-rede em Morada Nova”, disse. Para o aluno Bruno Luiz de Feitas, que iniciou o mesmo curso em janeiro deste ano, o workshop foi seu primeiro contato prático com sistema de produção de tilápia. “É minha primeira visita à outra fazenda experimental da EPAMIG. Foi uma boa oportunidade para obtermos mais conhecimento na área”, concluiu.



Caro leitores trabalho com consultoria e presto instalações completa do sistema
(Mais aqui) grátis e isto mesmo este blog esta atualizamdo e vamos abordar so tema piscicultura
O sistema de produção de peixes em fluxo contínuo de água é aquele
em que a água circula ininterruptamente pelas unidades de produção,
com altas taxas de renovação.

Esse sistema pode ser implantado com
recirculação de água e, nesse caso, a água efluente das unidades de
produção deve ser tratada, para retirada de resíduos sólidos e de nutrientes
dissolvidos. Após o tratamento, a água pode ser bombeada e reutilizada
nas caixas de produção. Além disso, há a possibilidade de aproveitamento
dos nutrientes excretados pelos peixes – cerca de 70% do nitrogênio (N) e
de 80% do fósforo (P). Isso permite reduzir o consumo de ração durante o
ciclo produtivo e, consequentemente, o custo final de produção.

Este E-book  traz, passo a passo, a montagem de uma unidade

produtiva composta de sete caixas d’água circulares, de fibra de vidro,
com 2 mil litros de capacidade, sem recirculação de água.
A piscicultura em fluxo contínuo de água pode ser utilizada em
áreas adjacentes a grandes reservatórios de Usinas Hidrelétricas, como
alternativa ao sistema de produção em tanques-rede. Nesse caso, a água
da represa deverá ser bombeada para um reservatório a montante da
unidade produtiva.
As fotos mostradas são da Unidade Demonstrativa de Piscicultura
em Fluxo Contínuo de Água da Fazenda Experimental de Arcos
Manual para implantação de módulo de piscicultura, com sete
caixas d’água de 2 mil litros, de fibra de vidro, com capacidade
para produzir anualmente 5 mil quilos de tilápias do Nilo

Após a implantação da unidade produtiva em fluxo contínuo de água,
a próxima etapa é o peixamento da caixa berçário com mil alevinos. No
caso de fluxo regular de produção, a unidade produtiva tem capacidade
para produzir cerca de 850 kg de tilápias do Nilo a cada dois meses, o que
corresponde à produção anual de 5.100 kg.
Dependendo da disponibilidade de água, produções mais elevadas
podem ser projetadas com aumento do número de caixas d’água – dois
módulos ou 14 caixas de produção, por exemplo – ou elevação da capaci-
dade das caixas de fibra – caixas de 4 mil ou 6 mil litros.
O fluxo de produção, o manejo e a alimentação dos peixes são simila-
res àqueles recomendados para o sistema de produção em tanques-rede.

Nota: Para facilitar a limpeza e a desinfecção das instalações, é
recomendável não colar os tubos e conexões.
ALERTA: Em hipótese alguma, a água pode parar de circular nas
caixas d’água, por mais de 30 minutos.

Para o manejo dos peixes,
como biometrias ou captura, o fluxo pode ser interrompido por
instantes, mas deve ser reestabelecido o mais rápido possível,
para evitar estresse aos peixes.



E vc quer implanta esta produção e ter 5100kilos de tilápias por ano vendendo a 7 reais o kilo 35.700 reais por ano só com estas caixas e se no segundo ano com os lucros vc dobra a produção? Seria ótimo a piscicultura e um ramo q vem crescendo a cada ano! E ai na sua cidade vc vai ser pioneiro e pode vender seu peixe para mercados mercearias supermercado peixarias pesque-pagues restaurantes.
Nossa e muito lugar para vender a 7 reais
O kilo este e preço de atacado para vc q mora no leste de Minas Gerais

E vc,acha que tem peixe suficiente para atender sua cidade só nas áreas q eu indiquei?
Acho q não pois eu também sou criador e nunca tenho peixe para vender quando o peixe esta gordo vendo para o pesqueiro 5 mil kilo em um só tapa geralmente não pagão avista mais parcelou no chek. Em 2 a 3 vez vão pagando de acordo q vão vendendo no pesque-pagues.

Tem duvidas sobre vender seu peixe acha pouco sua produção?
Estou aquele para ajudar vc como vc q esta aqui hoje a procura de artigos sobre criação de peixes eu também já fiquei foi noites sem dormir fazendo pesquisa sobre o assunto pois queria aumentar minha renda familiar sair daquele salário fixo ter meu próprio negócio e sem muita concorrência

Como ganha mais dinheiro com minha produção

Vc pode procura um serralheiro e fazer uma barraca, mais faça de aço inox causa mais higiene  da aquele olhar de uma piscicultura higiénica
Feito isto vá o feira livre de sua cidade e procura o coordenado da feira pergunte os barraqueiros q vão te ajudar ai
Feito isto ele vai fazer seu registo e isto e de graça vc não paga nada OK pelo mesmo aq e

Não vou falar mais de vendas pois vou fazer um post


Oque vc acabe de ver e só um trecho do projecto obtenha ele completo em minutos

Curso Completo Criação de Tilápia em Caixa D'Água Super Intensivo

 100,00 Reais recebera na hora um link para baixa o PDF com muitas imagens passo a passo completo em menos de 2 minutos

 Resumo

São mostrados os resultados do trabalho de desenvolvimento de um sistema

sustentável para criação de peixes tropicais, em regime intensivo com recirculação

de água conjuntamente com a produção de hortaliças e bioenergia. A água utilizada

nos tanques de criação de peixes é recirculada por um sistema de filtros para

remoção de dejetos sólidos e amônia. Integram o sistema de filtragem um

biodigestor e um sistema de aquaponia por onde circula a parte mais concentrada

dos dejetos removidos pelos filtros do sistema de recirculação. Os resultados obtidos

demonstram a viabilidade da produção de peixes e hortaliças de uma forma mais

sustentável no que se refere ao uso da água, através da recirculação, tratamento e

reutilização da mesma.













Postar um comentário
Ajudar Piscicultura-online© 2016. Tecnologia do Blogger.